terça-feira, 24 de março de 2015

Notícia - Março de 2015

Cara leitora ou prezado leitor:

Eu me surpreendo quando um amigo que não costuma fazer comentários sobre minhas crônicas declara que as lê, todas; mais ainda, quando reclama da demora de novas publicações. Estas manifestações são, para mim, muito agradáveis e estimulantes.
Supondo que os leitores possam estar sentindo falta de meus escritos neste mês, venho publicar esta notícia.


Quem leu minha crônica “É Proibido Cair!”, de janeiro de 2013, poderá se lembrar do caso da Leilah, minha esposa, que teve fraturados ambos os quadris, o direito em maio de 2009 e o esquerdo em dezembro de 2012. O objetivo daquela crônica, conforme escrevi, era “alertar as pessoas sobre os perigos e inconvenientes de acidentes que estão cada vez mais comuns.”
Aconteceu que, infelizmente, mais de dois anos após a realização da cirurgia do quadril esquerdo, Leilah não se recuperou e estava piorando, sofrendo dores que a impediam de andar normalmente. Teve de sofrer nova operação neste mês, desta vez de “revisão da prótese de quadril” (ou seja, de substituição da prótese) que é mais complexa do que a de implantação da peça, pois compreende dois procedimentos.
Após um período de cuidadosa preparação, durante a qual nossa preocupação aumentou (Leilah tem 79 anos) a intervenção cirúrgica foi um sucesso e ela deverá voltar a andar normalmente em breve. Porém, como a causa da prótese substituída ter se soltado foi uma infecção, ela está, agora, em regime de atendimento em casa (“home care”) fazendo um tratamento intensivo com antibióticos, o qual deverá durar pelo menos três meses.

Mais uma vez, mesmo tendo conhecimento de que muita gente sabe de situações semelhantes, pareceu-me que divulgar a continuação deste caso é necessário e importante. Voltei a contar com a anuência da Leilah para publicá-lo.

Na origem deste caso, está o enfraquecimento dos ossos (osteoporose), o que me faz alertar o prezado leitor e, especialmente, a cara leitora para que comecem o mais breve possível a cuidar do vigor dos ossos, recorrendo à nova medicação que está disponível para a reposição e fixação do cálcio.


Voltando à questão da expectativa dos diletos leitores, venho comentar que constatei neste período difícil que, por mais simples que seja o assunto, o trabalho de escrever requer um mínimo de concentração e tranquilidade do autor. Contudo, penso que até o final do mês terei condições de voltar a publicar minhas crônicas.

Washington Luiz Bastos Conceição



quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Notícias - Janeiro de 2015

Cara leitora ou prezado leitor:

Hoje, tenho duas notícias.



Estendi o meu presente de final de ano até 31 de janeiro

Aos meus amigos e leitores, como presente de final de ano, ofereci, até 31 de dezembro de 2014, o e-book “Histórias do Terceiro Tempo”, meu primeiro livro, a preço zero. Ou seja, ele poderia ser baixado de graça, em sua totalidade, do site da Smashwords.

Durante dezembro, verifiquei que os “downloads” aumentaram, mas não chegaram a uma porcentagem significativa da minha lista de leitores do blog (ou seja, aqueles para os quais envio os e-mails de anúncio de publicações). Otimista que sou, considerei que esse resultado se deve, em parte, à agenda carregada do mês de dezembro.
Por essa razão, estou estendendo o preço zero até o próximo dia 31.
Para baixar meu livro, use o link abaixo e faça o “download”, em seu PC ou “tablet” (Kindle, Ipad, Kobo) ou, ainda, no seu “smartphone”.

Para aqueles que não baixaram o livro por não terem ainda um “tablet” (Ipad, Kindle, por exemplo), venho informar que o uso de softwares específicos para e-book torna mais atraente a leitura no PC. Um destes softwares é o Adobe Digital Editions, que instalei e testei.
No final destas “Notícias”, indico, para quem quiser ler o livro no computador, a sequência de operações necessárias – simples e rápidas.

Bom proveito!




O Blog entra em seu quarto ano

Construído e implantado entre dezembro de 2011 e janeiro de 2012, este blog entra, portanto, em seu quarto ano de existência. Nestes três anos, publiquei 73 crônicas e 8 notícias e ele recebeu um total de 12.780 visitas. Este é um número insignificante em comparação com aqueles de visitas a blogs de jornalistas e de pessoas famosas. Mesmo assim, está inflado pelas pesquisas automáticas da internet, no mundo todo. Do total de visitas acima, 8411 foram feitas a partir do Brasil. Meus amigos dos Estados Unidos, por exemplo, não justificam as 2258 feitas daquele país e nem amigos em viagem poderiam fazer 135 visitas a partir da Ucrânia. Alguns internautas estrangeiros mais curiosos podem estar recorrendo à tradução automática disponível no blog, que vem melhorando mas está longe de ser satisfatória (analisei traduções para o Inglês e para o Espanhol). Entretanto, o que me parece claro é que os robôs continuam ativos com relação ao “Escritos do Washington” por causa da capital dos States.
Estimo que meus leitores propriamente ditos, a grande maioria no Brasil, façam um total de cerca de 200 visitas por mês, o que para mim é um resultado muito bom, considerando que anuncio a publicação das crônicas a 150 pessoas.

Não canso de externar minha satisfação com as atividades do blog, que envolvem selecionar assuntos, escrever, divulgar as publicações, receber e responder a comentários, e acompanhar a visitação.
E recebo como recompensa, sumamente agradável, uma comunicação maior com os amigos. Para mim, vale ouro.

Washington Luiz Bastos Conceição


Suplemento

Para aqueles que pretendem ler o livro no computador usando o programa Adobe Digital Editions, a sequência de operações é:
1) Baixar e instalar o programa, usando o link:
2) Baixar o livro a partir do site da Smashwords, usando o link:
escolhendo a alternativa “epub”. Normalmente, o arquivo do livro (“historias-do-terceiro-tempo”) será levado ao diretório "Downloads" do computador.
3) Uma vez baixado o livro, bastará abrir o Windows Explorer, ir ao diretório "Downloads" e clicar duas vezes sobre o arquivo “historias-do-terceiro-tempo”. O Adobe Digital Editions o abri, já em seu formato de leitura.